Destination Wedding: Aspectos Jurídicos

Destination Wedding significa se casar fora. Fora de sua Cidade em outro Estado ou País, podendo conjugar todo o evento com a Lua de Mel. Podendo reunir amigos num lugar exclusivo. Isso não tem preço.

Imagine que um casamento no conceito que todos utilizam geram em torno de 1 ano de programação e mais de 40 Contratos. Agora pense o DW - onde precisa de toda a logística em outro local – onde muitas vezes não falam seu idioma e os costumes são completamente diferentes, onde é necessário Planejamento e preparativos no local, burocracias, fornecedores legais, hospedagem para todos, contato com a agencia de turismo e toda a organização dos passeios e eventos paralelos, que normalmente acontecem.

Este conteudo foi criado, baseado em experiencias reais e acrescido de informações jurídicas necessárias ao conhecimento do Wedding Planner.

EMENTA:

1. Evolução Histórica dos Casamentos

2. O Código Civil e o Conceito de Casamento

3. Espécies de Casamento admitidos no Brasil

4. Tipos de Casamento Civil

5. Os Regimes de Casamento

6. Contratos Nacionais e Internacionais

7. Destination Wedding

8. Responsabilidade Civil do Organizador de Eventos

9. As atribuições da Assessora no Destination Wedding

10. Da Viagem – Organização Documental (Passaporte e outros Documentos, Seguro Viagem, Costumes Locais, Idiomas, Medicações, Malas, Vacinas, Covid.19)